Negócios Digitais    |    LGPD     |    Negócios Convencionais

AFO Advogados

Quando há desacordo entre o que esta no papel, e o que acontece na prática, a verdade dos fatos sobrepõe qualquer contrato. É o que determina o “princípio da primazia da realidade”
 
Em outras palavras, caro empregador… caso você tenha pessoas com contrato assinado, firma reconhecida, testemunhas e tudo mais como “manda o figurino”… ainda assim valerá o que acontece no dia a dia do funcionário.
 
Não importa se no contrato “fulano” é prestador de serviço, se recebe o que lhe é devido somente a partir da emissão de notas fiscais, se tem CNPJ….
 
Se no dia a dia é subordinado da empregadora, tendo de cumprir horário, realizar atividades pré determinadas, ir pessoalmente todos os dias na empresa… sinto informar, mas o contrato de prestação de serviços é inválido e qualquer que tenha sido o ajuste com o prestador, é melhor que a empresa o registre, sob pena de ter de arcar com as penalidades previstas em lei.
 
Aqui o legislador teve a intenção de resguardar os interesses dos empregados, e qualquer que seja o acerto das partes, vale o que de fato acontece na vida laboral do contratado. Estando presentes os requisitos do art. 3º. da CLT (pessoalidade, subordinação, onerosidade, habitualidade) há relação de emprego e o registro tem obrigação de acontecer.
 
Por incrível que pareça, na AFO já nos deparamos com situações contrárias: o empregador mantinha o registro de pessoas que não cumpriam os requisitos legais, ou seja: assumiam o ônus de manter como empregados pessoas que tinham nas suas atividades as características de contrato civil, e não trabalhista. Pagavam todos os encargos indevidamente.
 
Por todo o exposto importantíssimo o acompanhamento de profissionais especializados para que as empresas tenham segurança ao contratar empregados, fornecedores e prestadores de serviços.
 
Uma contratação errada pode significar risco de multas e demais penalidades parte da administração pública além de desperdício de dinheiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

KALINA KATHYLIN DA SILVA SANTOS

Advogada especializada em relações empresariais no mercado digital;
Suporte ao atendimento Wendell Carvalho e Karina Peloi.

STÉFANY MAGALHÃES NASCIMENTO

Advogada pós-graduanda em Direito Digital e Complaice, especializada em relações empresariais no mercado digital. 

Dra. Luciana Almeida

Advogada pós-graduada em Gestão de Negócios, especialista em Lei Geral de Proteção de Dados, Legal Designer, especializada em relações empresariais no mercado digital.

Viviane Lopes Coelho

Graduada, Controller Jurídico, especializada em relações empresariais no mercado digital.

DRA MARIA CLARA MACEDO DE OLIVEIRA VELOSO

Advogada pós graduanda em Direito Civil, especializada em relações empresariais no mercado digital.

Dra. Maria Eduarda Azevedo Machado

Advogada pós-graduanda em direito empresarial, especializada em relações empresariais no mercado digital. 

Dr. Leandro Sena Braga Lima

Advogado especializado em relações empresariais. 

Dra. Laís Figueira Loureiro Moreira Gamaro

Advogada pós-graduada em Direito Tributário e em Direito e Negócios da Infraestrutura, especializada em relações empresariais no mercado digital.

Dra. Amanda Luiza Tripicchio dos Santos

Advogada com MBA em Direito do Trabalho e Previdenciário, pós-graduada em Direito Previdenciário, pós-graduanda em Direito Civil e Processo Civil, especializada em relações empresariais no mercado digital.

Ligia Maura Dechechi de Oliveira

Graduada, responsável por novos negócios, especializada em relações empresariais no mercado digital.

Dr. GUILHERME GUAZZELI ARNOSTTI

Advogado especializado em relações empresariais.

Dra. Juliane Mattos Grana de Campos

Advogada pós-graduada em Processo Civil, pós-graduanda em Direito Civil e Processo Civil, especializada em relações empresariais.

Dra. Carla Cecília Russomano Fagundes

Advogada Sênior pós-graduada em Direito e relações do trabalho, especializada em relações empresariais no mercado digital. 

DRA. FLÁVIA MARIA
DECHECHI DE OLIVEIRA

Advogada, pós-graduada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, com MBA em Gestão Estratégica de Serviços pela mesma instituição. Sócia fundadora da AFO Advogados, desenvolvendo inúmeros projetos para formatação do departamento jurídico de empresas, do mercado tradicional e no mercado digital, o que significou a economia de milhões de reais para centenas de empresários e gestores. Criadora do curso Advogando no Digital, responsável pela formação de centenas de advogados que pretendem atender o nicho. É palestrante e desenvolvedora de conteúdo sobre temas relevantes do direito e empreendedorismo.